QUERIDO BEBÊ: UM ROMANCE SOBRE PLANOS, IMPREVISTOS E ENCONTROS

 

Código: 0614L21603

Gênero literário: Romance

Temas contemporâneos: Projetos de Vida / Inquietações da juventude

Componentes curriculares: Linguagens e suas Tecnologias; Ciências humanas e sociais aplicadas

Público-alvo: 1o ao 3o ano do Ensino Médio

Sinopse

No início do terceiro ano do Ensino Médio, a maior preocupação de Isabela é estudar para o Enem e decidir que faculdade quer seguir. Aluna esforçada, que só tira nota máxima, nada parece desviar Bela do futuro que a espera, até ela se deparar com a notícia de uma gravidez não intencional.

O que fazer então? Como contar para os pais? Como lidar com o julgamento dos colegas e reconhecer as verdadeiras amizades? Como ficam os estudos e a escola nessa nova realidade? E os planos para a faculdade? E a relação com o pai, também um adolescente?

Isabela vai passar por todas essas etapas, tentando entender o que a gravidez vai impactar em seu projeto de vida. Mas é um longo caminho. Com receio de contar aos pais e sem saber exatamente sua relação com o pai do bebê, Isabela só encontra uma maneira de lidar com suas dúvidas e inquietações: escrever cartas ao bebê em sua barriga e publicá-las, anonimamente, em um blog chamado “Querido bebê”. Ela só não contava com o imenso sucesso do blog e que ele acabasse ganhando muitos seguidores, com os quais ela compartilha sua vida, incluindo os dramas, contratempos e reviravoltas. Com a ajuda de uma nova amiga e apoios de onde menos ela espera, Isabela vai amadurecer e reconstruir pouco a pouco a trilha que vai levar ao seu novo futuro.

Cheio de referência à cultura pop, com uma improvável história de amor e uma boa dose de humor, Julia Braga cria uma trama tão próxima à realidade de muitos jovens, ao falar sobre amor, amizade, coragem e confiança. É sobre amadurecimento, mudanças e, acima de tudo, a força para superar as adversidades e olhar o mundo de outra maneira.

Sobre a autora

Julia Braga nasceu em 1993, em Brasília. Começou a criar histórias mirabolantes antes mesmo de aprender a escrever. Apesar de seu primeiro livro, O bichinho da maçã, não ter conquistado muitos leitores além de seu pai, sua mãe e a professora da pré-escola, ela não parou e decidiu

que queria ser escritora. Com 11 começou a escrever “livro de gente grande” (como chamava os livros sem ilustração), mas foi só aos 16 que engatou mesmo na escrita, quando começou a compartilhar as histórias na internet. Hoje em dia seus livros publicados no Wattpad — um aplicativo que permite dividir seus textos com outras pessoas, unindo leitores e escritores de todos os lugares — somam mais de dez milhões de leituras. Julia é formada em Letras e estuda

produção editorial em São Paulo, onde mora com sua cachorrinha Nutella e seu gatinho Timóteo.